Ainda de acordo com a pesquisa, a segunda maior causa das chamadas foi por ocorrência de roubos ou furtos, chegando a 30% das ligações. Já, 18%, por conta de vendavais e, 3%, devido a incêndios. Os demais 5% das solicitações dos serviços foram em razão de outros acidentes, por exemplo, quebra de vidros. “Vendavais são sazonais e em algumas situações a sua intensidade causa grandes estragos, atingindo em poucos minutos muitas residências gerando prejuízos. Esse fenômeno é frequente principalmente em algumas regiões do Sul do país”, explica.

Sazonalidade

Alguns incidentes apresentam mais ocorrências em determinadas épocas do ano. De acordo com a base da Liberty, os danos elétricos, por exemplo, acontecem com maior frequência em março (53% dos casos), fevereiro (50%) e janeiro (46%). “Março é marcado por fortes chuvas, gerando muitos problemas elétricos nas residências”, diz Minarelli.

Roubos e furtos, de acordo com o levantamento, têm maiores picos no mês de julho (43%), agosto (42%); maio (37%). “Julho é período de férias e sempre apresenta maior incidência dessa modalidade de crime, já que grande parte das famílias está viajando e fica um período maior fora de casa”, analisa. “Já agosto e maio não têm relação direta com o período de férias, são ocorrências corriqueiras ligadas a invasões nas residências”, completa o diretor da Liberty.

Ranking de serviços solicitados

A pesquisa mapeou também os serviços mais solicitados entre janeiro e outubro de 2012. Do total de 28.700 chamadas registradas, 34% foram por problemas de encanamento, 23% para consertos de eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

Data: 07.03.2013 – Fonte: Revista Cobertura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *