A fabricação de caminhões caiu 35,5% em junho sobre junho de 2014, acumulando no semestre tombo de 45,2%. Para o presidente da Anfavea, Luiz Moan, a produção de caminhões em junho só não foi menor que a produção de junho de 1999. “A confiança dos consumidores está bastante abalada”, disse Moan.

Os estoques alcançaram 338,8 mil veículos em junho ante 361 mil em maio. “Até pelo menos o final de agosto, a política de ajuste de produção das montadoras estará presente”, disse Moan.

Segundo o executivo, até junho, 36 mil trabalhadores do setor estavam em licença remunerada, equivalente a cerca de 27% da força de trabalho do setor. Ele pede ações federais que ajudem na manutenção dos empregos da indústria.

Já as vendas de veículos novos no mercado interno em junho caíram 19,4% sobre o mesmo mês de 2014, situando-se em 212,5 mil unidades, acumulando queda de 20,7% no semestre, a 1,32 milhões de unidades.

Em contrapartida, as vendas externas de veículos e máquinas agrícolas em junho tiveram alta de 20,1%, em valores, sobre o mesmo mês do ano passado, alcançando US$ 1 bilhão. Porém, caíram 19,7% sobre maio e fecharam a primeira metade do ano em baixa de 7,4%.

Fonte:  Fenseg

FAÇA AGORA A COTAÇÃO DE SEU SEGURO AUTO. CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *