LiveZilla Live Help
Você lida bem com riscos financeiros? - Blog Indústria do Seguro

Seguros com Segurança.

Blog sobre seguros e coisas afins.

  • Página Principal
    Página Principal Aqui você pode encontrar todas as postagens do blog
  • Tags
    Tags Mostra uma lista de tags utilizadas no blog.

Você lida bem com riscos financeiros?

em em Vida e Acidentes Pessoais
  • Tamanho da fonte: Maior Menor
  • Increver-se para receber atualizações
  • Imprimir

Interrogação

Construir uma reserva financeira sólida é o caminho para não se desesperar

Como você lida com os riscos financeiros na sua vida? Você os antecipa? Toma as medidas corretas para minimizá-los em caso de surgirem eventos negativos como a perda de emprego, um acidente de carro, uma doença na família, etc? Qual é a sua abordagem quando se trata de administrar os riscos financeiros de sua vida e de seus familiares?

Recentemente, li uma matéria que dizia que o brasileiro quase não utiliza o seguro como um mecanismo social para diluir os riscos financeiros de eventos negativos em sua vida. Além disso, muita gente tende a deixar para lidar com acasos financeiros, desfavoráveis, somente depois que eles ocorrem, o que é pior e muito mais caro.

Vamos deixar de lado o seguro de automóvel que já foi bem assimilado pela sociedade. Você que tem filhos, já se preocupou alguma vez com o que pode acontecer com eles, caso você sofra um acidente fatal precoce? Ninguém quer morrer cedo. Eu não quero, você não quer, ninguém quer. Mas já parou para pensar se isto ocorrer hoje? Sua família tem como se levantar de um baque financeiro tão violento como esse?

Alguém pode pensar que restam os benefícios sociais. Uma vez eu os utilizei. Depois de dez anos no Banco do Brasil, utilizei o seguro-desemprego até conseguir uma recolocação no mercado de trabalho. Foi bom, mas era pouco. Embora algumas pessoas não concordem, ficar sempre recorrendo a esses benefícios, pode demonstrar que o profissional não está se preparando de forma adequada para o mercado.

Caso você, nos últimos anos, tenha utilizado, por exemplo, o seguro-desemprego várias vezes, talvez não seja o sinal que o país esteja indo mal economicamente ou que as empresas não te deram valor, mas que você não está se esforçando efetivamente para se adequar às “regras do jogo”.

Tome cuidado, porque fazer qualquer curso profissional e sair sem saber nada, mas tendo o diploma, não te protege de nada. O que importa para as empresas é se o trabalhador está apto para resolver problemas ou não. É só a gente olhar ao nosso redor para encontrarmos um monte de conhecidos que vivem fazendo cursos e, nos últimos dez anos, não saíram do lugar na vida, ou até andaram para trás.

Podemos ser demitidos a qualquer momento, e a “reserva de emergência” existe exatamente para essas situações negativas. Possibilita que você se recoloque, com o tempo, de forma adequada no mercado.

Ter seguros, em alguns casos, diminui muito o risco de sua família ficar na “rua da amargura”, ou que você não tenha condição de se levantar novamente, em caso de doença. Ele até protege o seu filho, para que ele tenha condição futuramente de conseguir uma formação profissional.

Por fim, administrar riscos, construir uma “reserva financeira sólida”, talvez sejam os caminhos que lhe faltam para proteger e garantir uma melhor vida no futuro para você e seus familiares. Queira ir mais longe!

Lélio Braga Calhau é Promotor de Justiça de defesa do consumidor do Ministério Público de Minas Gerais.

 

Fonte: Administradores / CQCS

 

Agende conosco o vencimento de seu seguro!   Veja o que nossos clientes falam de nosso trabalho.

Contrate seus seguros Online.

SUSEP :10.0302767   |   Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.  |   Procon-RJ