Motorista precisa ter cuidado ao rebocar carro automático

Sim, é verdade. Guinchar um veículo automático de maneira errada pode danificar a caixa.

Seja qual for o problema, é recomendado rebocar carros com câmbio automático em guinchos de plataforma, aqueles em que o automóvel fica com as quatro rodas paradas sobre o caminhão. Principalmente se o motorista não sabe se a tração é dianteira ou traseira. As rodas responsáveis pela tração não podem girar por grandes distâncias com o motor desligado.

"guincho"

Seguro Viagem: Quando o seguro não arca com todo o custo

"Viagem-avião"O brasileiro viaja cada vez mais ao exterior, porém, em muitos casos não sabem o que estão contratando quando compram um plano de assistência de saúde para a viagem. Através da reportagem apresentada pelo Fantástico (programa exibido na Rede Globo), ontem (16/06), os correspondentes Rodrigo Alvarez e Marcos Uchoa mostraram casos de acidentes com brasileiros que tiveram dificuldades para conseguir tratamento adequado.

No caso de Maísa Ildefonso, umas das acidentadas com a queda do balão na Turquia, o serviço de assistência de viagem contratado na empresa Coris, tinha cobertura de € 30 mil, quase R$ 86 mil para a chamada “repatriação sanitária”, a volta ao Brasil. Porém, pela condição médica, Dona Maísa não pode enfrentar um voo comum.

Cresce a procura por seguros para aparelho celular.

Com uma média de 12 equipamentos furtados ou roubados por dia, seguradoras e operadoras oferecem proteção aos clientes

 

AURÉLIO GIMENEZ – O DIA – ECONOMIA – 11/06/2013

 

Rio – Com a notificação oficial de 360 celulares roubados ou furtados por mês no estado, empresas de seguros e de telefonia móvel investem em novo produto: o seguro de aparelhos móveis. Para proteger o patrimônio — em média são roubados 12 telefones por dia, conforme dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) —, o consumidor pode pagar de R$6,49 a R$ 24,99 ao mês pela garantia de aparelhos que chegam a custar até R$ 3 mil, como os de última geração.

“Tem que ser um seguro que atenda ao consumidor”Jorge Silva Castro, técnico em edificações

AONDE HÁ FUMAÇA… HÁ PREJUÍZO.

"janela_fogo_e_fumaça.jpg"

“Se a vida fosse bela, todo dia teria sol, todo mar teria onda, toda música seria reggae e toda fumaça faria a cabeça.”

Bob Marley

 

Em meu primeiro emprego em uma seguradora fiquei espantado com algumas coisas, mas a que mais me impressionou foram os danos provenientes de fumaça em um incêndio em um shopping famoso no Rio de Janeiro. O fogo atingiu duas ou três lojas do andar térreo, nada demais em comparação com o tamanho do shopping. Os danos, felizmente, foram apenas relativos às mercadorias e decoração das lojas. O espantoso mesmo foram os danos decorrentes da fumaça, que atingiu a quase todas as lojas do mesmo andar e algumas do andar superior! Foram toneladas de mercadorias danificadas em função da fumaça: Roupas, sapatos, bolsas, materiais esportivos e uma infinidade de outras coisas simplesmente ficaram imprestáveis!  Aquela seguradora tinha o hábito de oferecer aos seus funcionários, a preços simbólicos, os bens salvos nos sinistros que ela indenizava. Lembro-me como se fosse hoje eu escalando uma pilha de caixas de tênis à procura de alguma coisa que ainda pudesse ser usada. Achei um par de tênis azul, com uma mancha escura no pé esquerdo. Comprei ao preço de uma caneta. Levei para casa e coloquei na máquina de lavar roupas com quase uma tonelada de sabão em pó! A mancha ficou bem clarinha, mas a costura do tênis nunca perdeu aquele tom cinza escuro. Como eu estava começando a vida, era jovem e não ligava muito para meu visual, usei aquele tênis assim mesmo, por um bom tempo.