Blog

Depois da Lava Jato, seguro fica mais caro para executivos

"policiaPara evitar riscos, seguradoras restringem cobertura em apólices de companhias envolvidas em escândalos

Fazer seguro para conselheiros de administração e diretores de companhias envolvidas na operação Lava Jato está mais caro. Especialistas apontam que valores cobrados pelas seguradoras (os prêmios) aumentaram à medida em que fraudes foram reveladas.

Conhecido como D&O (abreviação em inglês para directors and officers), o contrato transfere para a seguradora a responsabilidade de arcar com os custos de um processo ou condenação contra quem toma decisões nas empresas: os conselheiros e diretores, que são cobertos em caso de erro não intencional. “As seguradoras vêm trazendo vários obstáculos para a subscrição do seguro, o que antes não havia”, afirma Paulo de Toledo Piza, do escritório Ernesto Tzirulnik Advocacia. “Essa cautela não faz muito sentido, pois o seguro não cobre o dolo”, complementa.

Brasileiros estão otimistas mas pouco preparados para a aposentadoria

"AposentadoA 4ª edição da pesquisa anual de Preparo para a Aposentadoria, realizada pela seguradora Aegon em 15 países, entre janeiro e fevereiro deste ano, revela que os brasileiros não vêm se preparando corretamente para a aposentadoria.

Questionada sobre o atual cenário econômico do Brasil, a maior parte se diz otimista, com 52% acreditando em mudanças positivas na economia nos próximos 12 meses, contra 35% que esperam alguma piora. Além disso, 68% esperam melhora em suas finanças pessoais. A longo prazo, porém, o cenário não é considerado tão positivo, com 41% acreditando que a situação irá piorar para as futuras gerações, enquanto 32% acreditam em um cenário igual ao atual e 23% acham que vai melhorar.

Outro ponto de destaque na pesquisa é o que aponta que 37% dos entrevistados não acreditam na sua própria capacidade de manter seu estilo de vida e na possibilidade de viver de forma confortável na aposentadoria, contra 28% que estão muito confiantes.

Você lida bem com riscos financeiros?

"Interrogação"

Construir uma reserva financeira sólida é o caminho para não se desesperar

Como você lida com os riscos financeiros na sua vida? Você os antecipa? Toma as medidas corretas para minimizá-los em caso de surgirem eventos negativos como a perda de emprego, um acidente de carro, uma doença na família, etc? Qual é a sua abordagem quando se trata de administrar os riscos financeiros de sua vida e de seus familiares?

Tudo sobre Seguros para o seu Carro

"SeguroAprenda as principais informações na hora de escolher um seguro

Para fazer um seguro que atenda às suas necessidades é preciso entender seu funcionamento e conhecer sua linguagem. Saber que a finalidade não é dar lucro ao segurado, mas reduzir o prejuízo, caso ocorra o que as seguradoras chamam de sinistro. A expressão, segundo Eduardo Dal Ri, diretor de Auto e Massificados da SulAmérica, é usada “para determinar o fato que tenha causado dano, perda ou prejuízo ao bem ou ao segurado.” No caso de veículos, “são eventos como roubo, furto, colisões e incêndios.”